Steven Gerrard testa positivo para covid-19 e deve perder os próximos dois jogos do Aston Villa

Steven Gerrard testa positivo para covid-19 e deve perder os próximos dois jogos do Aston Villa
Foto destaque: Reprodução/Aston Villa

O Aston Villa anunciou neste sábado (25) que o técnico Steven Gerrard testou positivo para Covid-19. Assim, cumprindo o período de isolamento, Gerrard deve perder os próximos dois jogos da equipe pela Premier League (Chelsea e Leeds United). Além disso, Gerrard havia deixado claro em entrevista no início desta semana que não estava satisfeito com a realização dos jogos do Boxing Day, que acontecem após o natal. Confira mais detalhes abaixo.

Steven Gerrard é mais um contaminado no Aston Villa

Steven Gerrard é mais um profissional do Villa a testar positivo para Covid-19. Desde que a variante Ômicron chegou na Inglaterra, o número de casos da doença no país subiu muito. Assim, os clubes da Liga Inglesa não escaparam, e muitos jogos foram cancelados, incluindo um jogo do Aston Villa, contra o Burnley. Entretanto, a Premier League optou por continuar com o calendário, cancelando apenas os duelos que não teriam como acontecer.

Durante a semana, Gerrard concedeu uma entrevista coletiva para o jogo contra o Chelsea, que deve acontecer neste dia 26, domingo. Dessa forma, ele se mostrou bem incomodado com a decisão de manter o Boxing Day, afirmando que a decisão afeta o direito dos jogadores e seu bem-estar. Ainda assim, Gerrard afirmou que o time estaria preparado para jogar, e que esta deve ser uma oportunidade para os suplentes mostrarem do que são capazes.

Contra o Chelsea, a escalação do Villa pode estar recheada de jovens

Por outro lado, uma das respostas de Gerrard acendeu um alerta nos torcedores do Villa. Segundo o técnico, como Dean Smith escalou muitos jovens contra o AFC Barrow na EFL Cup, a federação entende que estes atletas já têm experiência profissional pelo time e estão elegíveis para jogar na Premier League.

Dessa forma, dependendo do número de casos positivos entre os jogadores do time principal, alguns jovens da academia podem jogar contra o Chelsea. Entre eles, se destacam Aaron Ramsey e Caleb Chukwuemeka, irmãos dos profissionais Jacob Ramsey e Carney Chukwuemeka. Por fim, caso o clube não tenha condições de jogar contra o Chelsea por falta de atletas, a tendência é que a federação inglesa adie o jogo. Você pode ficar atualizado com as principais notícias do Aston Villa e do Chelsea aqui, na Premier League Jogos do brasileirão.